Raças de Ovinos: Dorper

Raça Deslanada

Dorper

Em busca de uma raça de corte que atendesse as exigências de mercado, o governo e produtores da África do Sul importaram raças especializadas na produção de carne. Entre elas a South Down, Hampshire Down, Border Leicester, Suffolk e Dorset Horn para produzirem carcaças mais aceitáveis não somente pelo mercado interno, mas também para o externo. Assim, ovelhas de várias raças africanas, foram cruzadas com reprodutores dessa raças, em estações experimentais e em rebanhos privados.

Dentre esses cruzamentos, o que obteve mais sucesso foi aquele entre a raça Dorset Horn X Blcakhead Persian, dando origem ao Dorper. A partir de 1946 teve início, então, o projeto de desenvolvimento da raça Dorper. No Brasil, a raça foi introduzida somente em 1998 pelo governo do Estado da Paraíba.

Existe uma diferença de cor na raça, que permite aos criadores optar por uma delas. Aproximadamente 85% dos membros da Sociedade de Criadores da Raça Ovina Dorper da África do Sul, criam o Dorper de cabeça preta e a Dorper White, de cabeça branca. Numericamente a raça Dorper é a segunda raça mais criada em toda a África só Sul. Por conta de suas características, tem sido adotada em diversos outros países.

Principais características:  

- excelente condição de adaptabilidade e vigor;

- aceitáveis índices de reprodução;

- boa habilidade materna;

- excelentes qualidades de carcaça ;

- altas taxas de crescimento materna.

 

Todas essas informações e muito mais você encontrará no Curso Criação de Ovinos de Corte, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas. Este curso ficou a cargo professor Edson Ramos de Siqueira, Engenheiro Agrônomo, Mestre e Doutor em Zootecnia, especialista em ovinocultura da UNESP, campus de Botucatú – SP.

CPT - Centro de Produções Técnicas

Equipe de Redação 02-09-2011 Criação de Ovinos

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.