Engorda de bois no pasto

 

A resistência dos animais às condições de criação na pastagem é um dos fatores mais importantes para se escolher a raça

Engorda bovina em pasto  

Em todo mundo, são criadas mais de mil raças de bovinos, sejam utilizadas puras ou em cruzamentos. Nas Américas, boa parte das raças criadas foram introduzidas na época da colonização.

Na escolha, o fator mais importante a considerar, além da produtividade, é a resistência dos animais às condições de criação na pastagem, como altas temperaturas, elevada umidade da estação das chuvas, e a presença de parasitas externos e internos. As raças europeias, por exemplo, enfrentam graves problemas de adaptação a essas condições, e por isso raramente conseguem atingir um bom desempenho nas condições das pastagens brasileiras.

É por isso que a pecuária brasileira tem grande tradição no uso de raças zebuínas na engorda a pasto. Entre elas, a raça Nelore é a que teve maior intensidade de seleção para corte, tornando-se a mais difundida em praticamente todo o país, não só na criação de animais puros, mas também nos cruzamentos, em especial no industrial. A escolha da raça deve sempre levar em consideração as condições do pasto e do clima, para que assim, a produção final possa ser maximizada.

O curso “Engorda a Pasto”, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, revela segredos da engorda a pasto que devem ser levados em consideração para o aumento da produção. A coordenação técnica deste trabalho ficou a cargo do professor Adilson de Paula Almeida Aguiar, da FAZU - Faculdades Integradas de Uberaba, zootecnista, especialista em pastagens e renomado consultor.

http://www.youtube.com/watch?v=WaWR2bBzqfQ

Tecnologia e Treinamento 26-03-2010 Pecuária de Corte

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.