Adubo à base de hidrogel libera nutrientes no solo por até 8 dias

Adubo à base de hidrogel libera nutrientes no solo por até 8 dias. Apenas uma aplicação do adubo à base de hidrogel é capaz de liberar nutrientes por mais de uma semana, o que permite aproveitar, ao máximo, o produto.

Apenas uma aplicação do adubo à base de hidrogel é capaz de liberar nutrientes por mais de uma semana, o que permite aproveitar, ao máximo, o produto

Adubo à base de hidrogel libera nutrientes no solo por até 8 dias

"O aumento da produtividade agrícola deve-se ao uso de técnicas adequadas e aplicações de doses corretas de adubo. Afinal, a adubação tem como objetivo principal manter ou aumentar a quantidade de nutrientes do solo, de forma a atender às exigências das plantas", afirma Júlio César Lima Neves, professor do Curso a Distância CPT Aplicação Econômica de Adubos, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

O fertilizante de hidrogel apresenta alto potencial no transporte de nutrientes

Recentemente, a Embrapa desenvolveu um adubo à base de hidrogel, que libera nutrientes no solo por até 8 dias. O produto lembra canela-em-pó na textura e na cor, mas, na verdade, trata-se de um gel capaz de absorver até mil vezes o seu peso em água. Não somente isso, o fertilizante de hidrogel apresenta alto potencial no transporte de nutrientes no solo. Se forem incorporadas nanoargilas ao produto, ele ganha até quatro vezes mais resistência à compressão, o que permite sua integridade no transporte.

O hidrogel permite a liberação dos nutrientes no solo de modo controlado

O processo de aplicação do adubo de hidrogel é bastante simples e prático. Basta lançá-lo ao solo, que, no contato com a água (chuva ou irrigação), libera os nutrientes de modo controlado.  Isso é possível graças ao hidrogel, que aumenta o tempo de liberação do adubo no solo. Apenas uma aplicação é capaz de liberar nutrientes por mais de uma semana, o que permite aproveitar, ao máximo, o produto.

O adubo à base de hidrogel foi desenvolvido para vários tipos de cultura

Segundo José Manoel Marconcini, pesquisador da Embrapa, os testes a campo mostraram resultados bastante promissores. Certamente não faltarão investidores para que o produto inovador chegue ao mercado. O adubo à base de hidrogel foi desenvolvido para vários tipos de cultura, dependendo das exigências de cada planta. E sua função é liberar na plantação tanto micro como macronutrientes.

As perdas por volatização ou lixiviação são reduzidas significativamente

Como os nutrientes são liberados no solo de forma controlada e por muitos dias, as perdas por volatização ou lixiviação são reduzidas significativamente. Além disso, a tecnologia reduz os custos de produção quando comparada à utilização do hidrogel tradicional. Outra vantagem do adubo desenvolvido pela Embrapa é a redução de concentrações elevadas de fertilizante na lavoura, o que diminui os riscos de contaminação do meio ambiente.

Fonte: Canal Rural.

Andréa Oliveira 18-07-2017 Agricultura - tudo sobre os principais produtos agrícolas do Brasil

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.