Dicas de plantio e manejo de alho

Dicas de plantio e manejo de alho

Para aumentar a produtividade do alho, é preciso seguir algumas dicas de plantio e manejo, que proporcionam grande rentabilidade no cultivo comercial

Dicas de plantio e manejo de alho

Pertencente à mesma família do alho-poró, da cebola e da cebolinha, o alho (Allium sativum) é originário da Ásia. Após disseminar-se pelo mundo, chegou ao Brasil na época do descobrimento, graças à facilidade de conservação e armazenamento. Trata-se de um bulbo composto por bulbilhos ou dentes de alho. As variedades comerciais apresentam até 20 bulbilhos, arqueados e compridos, envoltos em folhas roxas, brancas ou marrons, às quais chamamos erroneamente de casca.

A planta pode chegar a 120 cm de altura, sendo cultivada em todo território nacional devido à sua adaptabilidade climática. Ele pode ser plantado em grandes propriedades e até mesmo em pequenos sítios e hortas caseiras. Entretanto, para aumentar a produtividade da hortaliça, é preciso seguir algumas dicas de plantio e manejo de alho, que proporcionam grande rentabilidade no cultivo comercial.

Atualmente, os principais produtores de alho são Minas Gerais, Goiás, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia. Todos abrangem mais de 90% da produção nacional, embora outros estados também o produzam comercialmente, mas em pequena porcentagem.

Propagação da hortaliça

A propagação da hortaliça ocorre por meio dos bulbilhos, dentes de alho ou alhos-sementes. É importante que os bulbilhos sejam adquiridos de fornecedor idôneo, que garanta que eles não apresentam vírus. Não é recomendado plantar os dentes de alho produzidos na lavoura, pois eles podem apresentar deficiências nutricionais ou outros males, o que pode afetar a produtividade. Muitos produtores experientes cultivam alhos-sementes para serem cultivados posteriormente.

Vernalização dos bulbos

No processo de vernalização dos bulbos de alho, antes do plantio, eles passam por refrigeração em câmara fria, a 5°C, por até 60 dias. Isso torna possível o plantio de cultivares de alho próprias do Sul em outras regiões do Brasil. No mais, a temperatura ideal para o cultivo gira em torno de 10 e 15°C.

Condições para o plantio

Recomenda-se plantar o alho-semente em solos bem drenados, leves e ricos em matéria orgânica. O PH ideal do solo deve chegar de 6 a 6,5 - se houver necessidade, deve ser feita a correção do solo (previamente, leve uma amostra para análise em laboratório). É importante fazer a aração profunda do solo (45 cm) 60 dias antes do plantio dos bulbilhos. Também devem ser feitas até duas gradagens para revolver a terra.  

Adubação e irrigação

Assim como a calagem para corrigir o pH, a adubação deve seguir os resultados da análise do solo.  Regularmente, deve-se cobrir a lavoura com palhada ou capim secos, pois o solo deve permanecer úmido nos primeiros dias do plantio. Conforme for crescendo, o alho deve ser irrigado com menor frequência. Antes da colheita (20 dias), a irrigação deve ser interrompida.

Colheita do alho

Após três a nove meses do plantio, o alho já pode ser colhido - depende da cultivar escolhida. É recomendado que a colheita seja feita pela manhã e em dia ensolarado.  Sem retirar folhas e raízes, o alho deve passar pelo processo de cura ao sol (5 dias) e à sombra (50 dias). A toalete das réstias de alho deve ser realizada no momento de embalagem.  

Fonte: Revista Globo Rural.

Conheça o Curso a Distância CPT Cultivo Orgânico de Alho, Cenoura, Baroa, Beterraba e Batata-Doce, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online - elaborado por Jacimar Luis de Souza, Mestre em Fitotecnia, pela Universidade Federal de Lavras, e Doutor em Produção Vegetal, pela Universidade Federal de Viçosa.

Andréa Oliveira 08-02-2017 Agricultura Orgânica

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.