Cultivo de frutíferas em pequenas áreas

Cultivo de frutíferas em pequenas áreas. O cultivo de frutíferas em pequenas áreas deve seguir alguns cuidados básicos para que as árvores produzam bons frutos.

O cultivo de frutíferas em pequenas áreas deve seguir alguns cuidados básicos para que as árvores produzam bons frutos

Cultivo de frutíferas em pequenas áreas

"O pomar de frutíferas em pequenas áreas, além da importância doméstica para consumo e lazer familiar, pode apresentar finalidades comerciais, como atividade principal ou complementar de pequenos produtores rurais, sitiantes e chacareiros", afirma Dalmo Lopes de Siqueira, professor do Curso a Distância CPT Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

Independentemente de ser para consumo próprio ou para comercialização, o cultivo de frutíferas em pequenas áreas deve seguir alguns cuidados básicos para que as árvores produzam bons frutos. Tudo começa com a escolha do local de implantação do pomar. Mas também é imprescindível escolher bem as espécies frutíferas que serão plantadas, tendo em vista o clima e o solo da região.

Outro fator de fundamental importância é a época do plantio das frutíferas, pois cada espécie possui determinadas exigências, que devem ser consideradas pelo fruticultor. O plantio das espécies de clima temperado deve ocorrer em julho e agosto. Já o das espécies de clima tropical e subtropical deve ser realizado, preferencialmente no período das águas - mas também na época da seca, contanto que as frutíferas sejam bem irrigadas.

Local do pomar

O local do pomar deve considerar os seguintes aspectos: a sede da propriedade deve estar próxima ao pomar (facilitar a colheita); a declividade do terreno deve ser pequena; o solo deve ser profundo, possuir boa drenagem e apresentar textura média (nem arenosos nem argilosos); a área deve receber boa incidência solar, isenta de ventos fortes e frios; o local deve possuir fontes de água para irrigação; e a implantação do pomar não pode ser realizada em baixadas, nem em terrenos alagadiços.

Espécies de frutíferas

A escolha das espécies de frutíferas deve se embasar no clima e no solo da região. O ideal é cultivar espécies variadas para produzir frutas o ano todo. No caso de frutíferas tropicais, podem ser escolhidos: mamoeiro, goiabeira, bananeira, mangueira, abacaxizeiro e maracujazeiro. Para o cultivo de frutíferas subtropicais, a melhor opção são as variedades cítricas - como limeiras, laranjeiras e tangerineiras, assim como outras espécies bastante cultivadas no Brasil - como jabuticabeira, figueira e abacateiro. Em relação às frutíferas de clima temperado, as melhores frutíferas são as que produzem maçã, uva, kiwi, pera, pêssego, cereja e ameixa.

Ponto de colheita

As frutas podem ser colhidas quando estiverem suculentas, bem doces ou levemente ácidas, além de aroma agradável. Na verdade, o ponto de colheita é determinado pelas variedades de frutíferas no pomar.  No caso da laranjeira, o ponto ideal ocorre quando os frutos estão totalmente maduros e desenvolvidos. Já o abacateiro deve ser colhido antes da completa maturação - contanto que os abacates estejam bem desenvolvidos. No caso da bananeira, os cachos devem ser colhidos quando os frutos estiverem bem desenvolvidos, mas inadequados para o consumo imediato. No momento da colheita, todas as variedades de frutas devem ser cuidadosamente manejadas para evitar injúrias, que possam comprometer a sua qualidade comercial.

Fonte: Cursos CPT.

Andréa Oliveira 23-02-2017 Fruticultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.