Estudo mostra o Brasil entre os países com maior área irrigada

Estudo mostra o Brasil entre os países com maior área irrigada. A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) destaca os dois principais - China e Índia (com 70 Mha cada), seguidos por Estados Unidos (26,7 Mha), Paquistão (20,0 Mha) e Irã (8,7 Mha).

Estamos entre os dez principais países com maior área irrigada, junto à China e Índia

Estudo mostra o Brasil entre os países com maior área irrigada 

Estudo recente realizado pela ANA - Agência Nacional de Águas, mostra o Brasil entre os países com maior área irrigada. Segundo dados do Atlas Irrigação, nosso país apresenta 6,95 milhões de hectares cultivados com diferentes métodos de irrigação - sendo os mais utilizados aspersão, localizada, subterrânea e superficial. O Sudeste possui 2.709.342 hectares irrigados; o Sul, 1.696.233 ha; o Norte, 194.002 ha; o Nordeste, 1.171.159 ha; e o Centro-Oeste, 1.183.974 ha.

Estamos entre os dez principais países que apresentam milhões de hectares (Mha) irrigados. A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) destaca os dois principais - China e Índia (com 70 Mha cada), seguidos por Estados Unidos (26,7 Mha), Paquistão (20,0 Mha) e Irã (8,7 Mha). Brasil, México, Itália, Espanha, Turquia, Uzbequistão, Bangladesh, Tailândia e Indonésia apresentam área entre 4 e 7 (Mha) irrigados.

Embora as áreas irrigadas tenham aumentado, o que pode resultar em aumento do uso da água, a irrigação apresenta uma série de vantagens. Principalmente, se ela for conduzida de forma eficiente. "É preciso adotar técnicas que possibilitem aplicar a água no momento certo e na quantidade necessária para suprir as exigências das plantas", afirmam Márcio Mota Ramos e Rubens Alves de Oliveira, professores do Curso a Distância CPT Manejo de Irrigação - Quando e Quanto Irrigar, em Livro+DVD e Online, da Área Irrigação.

Alimentos como arroz, cebola, tomate, soja e frutas são cultivados com alta porcentagem de irrigação. Além de potencializar os resultados do agricultor, ela garante maior estabilidade da produção, bem como aumento da produtividade, redução de custos e otimização de equipamentos/insumos. Sem falar que também impede o aumento de ameaças climáticas e meteorológicas.

O Atlas Irrigação é uma excelente ferramenta para dimensionar a demanda de água e possibilitar a criação de planos de recursos hídricos. Além disso, o estudo desenvolvido pela Ana é de sumo valor para projeções sobre consumo de água no setor agrícola. Dessa forma, poderão ser avaliados os riscos referentes à segurança da agricultura irrigada, para que medidas eficazes tornem a irrigação um meio sustentável na produção de alimentos.

Segundo a Agência Nacional de Águas, a coleta de dados relativos ao uso da água na agricultura permite ao Poder Público tomar decisões mais seguras e precisas em relação ao uso racional da água. "A autorização legal para o uso da água e a cobrança pelo uso impulsionam a sustentabilidade da atividade, o aumento da eficiência e a redução do desperdício", completa a ANA.

Fonte: Revista Globo Rural.

Confira o artigo "Manejo de irrigação" e aprimore ainda mais o seu conhecimento.

Andréa Oliveira 24-10-2017 Irrigação

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.