Produtores cearenses investem em sistema de irrigação artesanal

Produtores cearenses investem em sistema de irrigação artesanal. O sistema de irrigação artesanal é constituído de mangueiras com pequenos furos, nas quais são acoplados microaspersores

 O sistema de irrigação artesanal é constituído de mangueiras com pequenos furos onde são acoplados microaspersores

Produtores cearenses investem em sistema de irrigação artesanal

"A irrigação é uma técnica capaz de proporcionar o aumento da produtividade e da qualidade dos produtos agrícolas, sem falar da redução dos riscos de perdas da produção, ocasionados por períodos de seca", afirmam Márcio Mota Ramos e Rubens Alves de Oliveira, professores do Curso a Distância CPT Manejo de Irrigação - Quando e Quanto Irrigar em Livro+DVD e Online. Até mesmo a irrigação artesanal pode gerar excelentes resultados na produtividade de hortaliças, frutas e legumes.

No Ceará, o agricultor José Francisco de Araújo passou por sérios problemas devido à grande seca na região. Entretanto, com o passar de três anos, sua sorte mudou graças a um projeto conhecido como Mudas. Onde nada crescia por falta de água, surgiu uma bela plantação em uma área de 80 m². Hoje o senhor Araújo cultiva legumes, frutas e hortaliças, dentre eles, acerola, abobrinha, quiabo, pimentão, cebola e mandioca.

Desenvolvido por Kevin Brasil, empreendedor e técnico em agronomia em Iguatu, o projeto Mudas começou a ser testado em pequenas propriedades de três famílias rurais da região. Após algum tempo, os resultados foram surpreendentes. Logo mais famílias aderiram ao sistema, assim como algumas escolas da cidade, onde as hortas irrigadas pelo sistema artesanal alimentam os alunos.

Uma das vantagens do projeto Mudas é o uso racional da água na irrigação, com custo médio de implantação de R$ 8,07 - ou seja, 95% mais barato que o custo de sistemas semelhantes existentes no mercado. O sistema de irrigação artesanal é constituído de mangueiras com pequenos furos onde são acoplados microaspersores. Arames, pregos e até palitos de pirulito funcionam como pulverizadores. Quando a água chega à ponta do prego, arame ou palito, ela se dispersa em gotículas.

O sistema também conta com sensores de umidade do solo. Um deles instalado a 10 cm de profundidade e outro a 20 cm (ambos separados por um espaço de 5 cm). Segundo José Francisco, a irrigação artesanal apresenta simples e fácil manejo e é utilizada somente quando o cultivo necessita de água. Além de produzir alimentos para consumo próprio, o agricultor comercializa parte da produção, o que resulta em uma boa renda mensal para a família.

Novos projetos estão em plena atividade em outras comunidades rurais no Ceará e no Rio de Janeiro (Morro Dona Marta).

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Irrigação.

Fonte: revistagloborural.globo.com

Andréa Oliveira 13-08-2018 Irrigação

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.