Saiba mais sobre agricultura sintrópica

Saiba mais sobre agricultura sintrópica. Sua implantação pode ocorrer em todo tipo de solo onde a natureza se encarrega de fornecer a ele nutrientes.

Na agricultura sintrópica, pragas e doenças são praticamente ausentes, graças ao equilíbrio promovido pelo ecossistema

Saiba mais sobre agricultura sintrópica

A agricultura sintrópica é embasada na produção agrícola, sem a intervenção do homem, em prol da preservação da floresta. Sua implantação pode ocorrer em todo tipo de solo onde a natureza se encarrega de fornecer a ele nutrientes. Até mesmo o uso de adubo orgânico é criterioso, sendo permitido apenas em solos inférteis. As próprias folhas que caem no solo formam uma camada nutritiva para a manutenção das plantas.

O solo é analisado para a escolha das sementes a serem plantadas

Antes do plantio, o produtor rural realiza uma análise minuciosa das características do solo. Após essa etapa, ele escolhe as sementes a serem plantadas no local. É importante que elas sejam propícias para o plantio na área, para que possam se desenvolver com plenitude, sem a interferência humana. Será o ecossistema que garantirá às plantas a umidade, a luz e os nutrientes necessários assim como ocorre com as plantas vizinhas.

As espécies vegetais são preservadas, assim como a fauna

Na agricultura sintróprica, o produtor não utiliza agroquímicos em respeito ao meio ambiente e à saúde humana, bem similar ao que ocorre na produção orgânica. Pragas e doenças são praticamente ausentes nesse tipo de agricultura, graças a esse equilíbrio natural. Inclusive as espécies vegetais são preservadas, assim como a fauna - que convive harmoniosamente com o agricultor.

Agricultura e floresta são poderosos aliados na produção sustentável

Quem criou esse sistema foi o suíço Ernst Götsch, especialista em melhoramento genético de plantas. Ele chegou ao Brasil na década de 80 e resolveu morar em Piraí do Norte (BA). Lá encontrou a vegetação e o solo degradados. Mas isso não o impediu de realizar um belo trabalho de recuperação e reposição das espécies vegetais por meio da agrofloresta - sistema de produção onde agricultura e floresta são poderosos aliados.

Nesse sistema, são explorados madeira, óleos, resinas, frutos, hortaliças e sementes

Na verdade, "a reposição florestal se mostra como forma de recuperação das áreas desmatadas, que são manejadas posteriormente de forma sustentável. Madeira e outros produtos podem ser explorados - como óleos, resinas, frutos, hortaliças e sementes", afirmam os pesquisadores da EMATER do Paraná e do Centro de Pesquisa Agroflorestal da EMBRAPA e professores do Curso a Distância CPT Reposição Florestal em Livro+DVD e Curso Online.

Fontes: Globo Rural e Ciclo Vivo.

Andréa Oliveira 15-08-2017 Agricultura - tudo sobre os principais produtos agrícolas do Brasil

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.