Como produzir e processar própolis e cera

Própolis e cera possuem mercado em plena expansão

Produção e processamento de própolis e cera

O mercado de produtos apícolas vem crescendo em todo o mundo. Isso porque aumentou a procura por produtos naturais, de alta qualidade, e que, principalmente, atendam os anseios dos consumidores.

A própolis sempre teve uma posição de destaque nesse mercado, devido ao seu potencial de exportação. Os maiores produtores de própolis no mundo são: China, Brasil, EUA, Austrália e Uruguai. São tratadas cerca de 200 toneladas por mês para consumo mundial. Em nível internacional, o Japão, por exemplo, movimenta anualmente 300 milhões de dólares com própolis e o mercado europeu tem as suas estimativas de consumo crescendo nos últimos anos, sendo um nicho de mercado de grande potencial para os produtores.

O extrato de própolis tem se destacado no mercado interno, no qual seu uso é cada vez mais frequente, sendo uma boa fonte de renda para muitos apicultores, que criam marcas reconhecidas regionalmente, e que, inclusive, competem com inúmeras outras marcas das grandes indústrias.

O mercado para cera, especialmente as placas alveoladas, tende também a crescer, devido à intensa expansão que a apicultura brasileira tem vivenciado em anos recentes, com o aumento do número de novos apicultores. Saber reciclar favos velhos e produzir placas de cera alveolada de boa qualidade é uma atividade estratégica para qualquer apicultor.

Independente se a produção é de cera ou própolis, é importante para fazer parcerias com entrepostos e outros tipos de comércio, como a indústria de cosméticos e farmacêutica, para ter o escoamento do seu produto garantido. Outra opção é comercializar os produtos por meio de associações de classe, ou cooperativas.

O curso "Produção e Processamento de Própolis e Cera", elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, apresenta os segredos do sucesso nas áreas mais rentáveis ligadas à apicultura. A coordenação técnica do trabalho ficou a cargo do professor Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, especialista em apicultura da UESB - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

http://www.youtube.com/watch?v=3doh0Ad9_Oc

Marconi Vieira 01-04-2010

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.