Nas instalações da avicultura, quais são os fatores importantes?

A implantação dos pastos, o seu manejo e as taxas de ocupação são os princípios fundamentais do sucesso nessa atividade

Criação de Frango e Galinha Caipira - Instalações

Para reduzir os custos, os materiais utilizados na instalação de uma avicultura podem ser basicamente constituídos de restos e sobras da propriedade, com alternativas disponíveis a baixo ou nenhum custo. Porém, o mais importante é que a estrutura seja resistente e, de preferência, construída com material durável, pois, quanto mais rústico for o material empregado, maior será o trabalho de limpeza e desinfecção.

Também é de extrema importância que o local da criação seja próximo ao mercado consumidor e dos fornecedores, tanto de insumos quanto de matéria-prima. Essa proximidade possibilitará uma logística melhor e, consequentemente, uma significativa redução de custos.

Para a construção de galpões, as condições climáticas também devem ser consideradas. Nas regiões de clima quente, o cuidado é com a alta temperatura, o que pode ser evitado com a construção de mais elevado, com o uso de telhas de cerâmica, ventiladores e cortinado apropriado. O vento em excesso não só é prejudicial como pode trazer sérios problemas de contaminação.

De acordo com o professor Dr. Luiz Fernando Teixeira Albino, coordenador técnico do curso Criação de Frango e Galinha Caipira, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, "a criação de galinhas deve ser, preferencialmente, em áreas de terras que não sejam produtivas, e nunca em áreas em que o lucro com outro tipo de cultura seja maior".

A correta implantação dos pastos, o manejo dos mesmos sob a forma de rodízio e as taxas de ocupação coerentes são os princípios fundamentais do sucesso nesta atividade. A taxa de ocupação em piquetes corresponde ao número de aves por área, de acordo com a capacidade da forrageira resistir ao pastejo e continuar produzindo.

http://www.youtube.com/watch?v=woTWzo9cQfk

Marconi Vieira 21-03-2011 Avicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.