Dicas para reduzir a taxa de mortalidade das codornas de 1 dia

Dicas para reduzir a taxa de mortalidade das codornas de 1 dia. As codornas de 1 dia são muito sensíveis a variações de temperatura e umidade elevada no ambiente - muito mais do que os pintinhos de corte.

As codornas de 1 dia são muito sensíveis a variações de temperatura e umidade elevada no ambiente - muito mais do que os pintinhos de corte

 Dicas para reduzir a taxa de mortalidade das codornas de 1 dia

Em 1959, as codornas chegaram ao Brasil e conquistaram os avicultores de diversas regiões do país. Principalmente a partir de 1971, quando houve um grande impulso na criação e no consumo de ovos pelos brasileiros - o que ocorre até hoje. Dentre as principais vantagens da criação, temos rápido desenvolvimento e curto intervalo entre gerações, maturidade sexual precoce, alta taxa de postura (90 % no pico de produção), além de peso médio entre 115 gramas e 180 gramas (quando adultas).

Entretanto, "as codornas de 1 dia são muito sensíveis a variações de temperatura e umidade elevada no ambiente - muito mais do que os pintinhos de corte. Por isso, é de suma importância garantir às codorninhas as condições ideais de ambiência, o que reduzirá drasticamente a mortalidade na fase inicial", afirmam Joji Ariki e Vera Maria Barbosa de Moraes, professores do  Curso a Distância CPT Codornas - Iniciando a Criação, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

Para reduzir a taxa de mortalidade das codornas de 1 dia, o coturnicultor deve considerar os seguintes fatores: a formação dos ovos férteis, as condições da máquina chocadeira e a eclosão dos pintinhos. A temperatura da chocadeira deve permanecer nos 37,5°C (sem oscilações). Devem ser feitos o controle da umidade e da ventilação da máquina, assim como da viragem dos ovos - se for mecânica, a cada 4 horas, se for manual, a cada 6 horas (no mínimo).

De modo similar, o avicultor deve avaliar as condições das matrizes - se o potencial genético dos pais é alto e de qualidade, se eles são jovens e se são alimentados com ração especial (grande teor proteico). Assim, serão gerados ovos de codorna com casca mais resistente e com bastantes nutrientes para o pleno desenvolvimento do embrião.

Em geral, as codornas de 1 dia apresentam entre 7 e 8 gramas de peso, o que as torna muito frágeis e sensíveis a baixas temperaturas e doenças. Daí os cuidados extras no manejo dessas avezinhas. Elas devem ser criadas em condições ambientais favoráveis, assim como nos padrões de conforto e bem-estar animal.

Então como evitar a mortalidade das codornas de 1 dia? Devem ser oferecidos às codorninhas fontes de calor (a gás ou elétrica) para mantê-las aquecidas. A temperatura ideal deve variar entre 34 e 36 °C, para que não se aglomerem embaixo de fontes de calor.

O ideal é criá-las em locais em forma de círculo para que não se amontoem nos cantos. Outra opção é criá-las em quartinhos com aparas nos cantos (montinhos de concreto) para evitar aglomerados e o pisoteio das que estão mais em baixo.

Além disso, elas devem ter acesso à agua fresca e ração de qualidade, assim como devem ser criadas em locais com chão coberto com maravalha (cerca de 2 a 3 cm de espessura). A limpeza do ambiente deve ser feita com frequência.

Fontes: Globo Rural e Cursos CPT.

Andréa Oliveira 07-12-2016 Avicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.