Curso sobre recria e reprodução de codornas

 

Consumo de ovos e carne de codorna tem aumentado em diversas regiões do país

Reprodução e recria de codornas  

O criador de codornas localizado em regiões de fraca produção, raramente terá problemas para escoar os seus produtos e obterá um preço justo por eles. Comercializar diretamente com o consumidor é questão que exige uma avaliação caso a caso. Seguramente, o corte do intermediário promoverá um ganho substancialmente maior na atividade. Essa é quase uma condição para os pequenos criadores. Evidentemente que o volume produzido e o potencial de absorção de produção do mercado local serão fatores que influenciarão as estratégias de comercialização.

São potenciais pontos de venda e/ou compradores os supermercados, bares, padarias, restaurantes, hotéis, buffets e salgadeiras, feiras livres e varejões. O consumo de ovos e carne de codorna tem aumentado em regiões turísticas, especialmente no litoral.

O mercado dos produtos oriundos da coturnicultura é muito diferenciado de região para região. Em locais onde a atividade é pequena ou inexistente, há mercado para comercialização de ovos no varejo com preços superiores a 300% do valor praticado no atacado de um grande centro produtor. A solução para quem está numa região de alta produção é a exportação dos ovos in natura ou processados. Um controle rígido de qualidade e o conhecimento por parte do criador das principais características e vantagens dos produtos podem ser fatores de estímulo ao consumo.

O curso “Codornas - Recria e Reprodução”, elaborado pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, mostra todo o processo de criação de codornas nas fases de recria e reprodução. A coordenação técnica do curso ficou a cargo dos professores Joji Ariki e Vera Maria Barbosa Moraes, ambos doutores da UNESP/Jaboticabal – SP, e especialistas em criação de codornas.

http://www.youtube.com/watch?v=3lp5T1_5NCo

Marconi Vieira 09-04-2010 Avicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.