Paciência e precisão são qualidades fundamentais na produção de caixas artesanais

Para fazer os moldes, usa-se o mesmo desenho para a base e para a tampa, porém, a tampa é maior meio centímetro que a base

Curso Como Confeccionar Caixas para Presentes - Moldes

Para confeccionar o molde de uma caixa artesanal, será necessário um papel mais encorpado e resistente, de gramatura mais alta. Uma vez que ele será usado muitas vezes, o de 300 g/m2 é o mais indicado.

O molde deve ser muito bem riscado e cortado para que tudo se encaixe com perfeição. Fazer um molde diferente pode ser uma tarefa difícil para quem não tem muita prática com desenhos geométricos, mas, com paciência e precisão nas medidas, é possível realizar um trabalho de qualidade. Também é preciso ter cuidado ao guardar os moldes, para que durem muito tempo.

É muito importante observar as condições de uso das ferramentas usadas para desenhá-los e cortá-los. De acordo com a professora Lucília Santiago, coordenadora do curso Como Confeccionar Caixas Artesanais para Presentes, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “um lápis bem apontado, uma boa borracha, uma régua adequada e uma tesoura de bom corte são essenciais.”

Para fazer os moldes, usa-se o mesmo desenho para base e para a tampa, porém, a tampa é maior meio centímetro que a base. Por exemplo, para uma caixa com 20 cm de comprimento e 20 cm de largura de base, a tampa tem 20,5 cm de comprimento e 20,5 cm de largura. Sem essa diferença, a caixa não fecha.

Confira no vídeo abaixo como fazer os moldes das caixas.

Marconi Vieira 18-01-2011 Artesanato

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.