Saiba como obter lucro com o processamento de tomate

Para o sucesso na comercialização, os produtos devem ter excelente qualidade

 

O processamento caseiro do tomate é uma maneira de aproveitar o excedente da produção e os frutos que não possuem classificação para o mercado. Além disso, permite aproveitar os baixos preços da matéria-prima na época da safra e aumentar a renda extra, com a venda dos produtos processados.

Para o sucesso na comercialização, os produtos devem ter excelente qualidade. Isso dependerá da matéria-prima, da tecnologia e da higiene empregadas no preparo, e das embalagens utilizadas.

Existem etapas que se repetem no processamento da maioria dos produtos elaborados com tomate. São elas: a recepção e pesagem dos frutos, a seleção da matéria-prima, a limpeza e a sanificação das hortaliças, o preparo do produto, a embalagem, o tratamento térmico e a rotulagem. Vamos saber um pouco mais sobre algumas delas.

Recepção e pesagem

Assim que chegam à unidade de processamento, as hortaliças devem ser pesadas. O valor obtido servirá para calcular o rendimento e os custos de produção. Esses dados são muito importantes para quem deseja comercializar os produtos, pois servem como base para o cálculo do preço de venda.

Seleção

Os tomates devem ser sadios e estar em bom estado de maturação, nem verdes e nem maduros demais. Para a fabricação de compotas, cristalizados e desidratados, eles devem ter a casca perfeita, pois a aparência conta muito. No caso da utilização dos frutos triturados, como em polpada, molhos e suco, você pode aproveitar aqueles que têm defeitos, bastando eliminar a parte estragada.

É preciso selecionar, também, as outras hortaliças e espécies de matéria-prima que são utilizadas nas receitas, como açúcar e condimentos, pois irão interferir na qualidade do produto final.

Preparo/processamento

Essa etapa compreende uma série de passos específicos para a fabricação de cada produto.

Maria da Graça Lima Bragança, coordenadora do Curso Processamento de Tomate, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, diz que o primeiro passo é a formulação, que consiste em selecionar os tipos e as quantidades de ingredientes necessários a cada processamento.

A partir daí, cada produto terá uma forma de preparo diferente, que será mostrada mais adiante nas tecnologias fabricação

O que você pode produzir

Molho de pimenta

Formulação

  • 3kg de tomates bem maduros e firmes (15 xícaras de tomates picados);
  • 1 xícara (chá) de cebola picada;
  • 1 xícara (chá) de salsa picada;
  • 1 xícara (chá) de cebolinha picada;
  • 1/2 xícara (chá) de vinagre;
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar;
  • 2 colheres (chá) de sal;
  • ½ colher (sopa) de alho picado;
  • 1/2 colher (chá) de pimenta-do-reino;
  • Pimenta malagueta esmagada a gosto.

Tecnologia de fabricação

  • Selecionar os tomates e fazer a pré-lavagem com bucha e detergente.
  •  Fazer a sanificação por 10 min, em solução de cloro a 5ppm. Em seguida, lavar para retirar o cloro.
  • Lavar bem a cebola, a salsa e a cebolinha.
  • Picar os tomates, o alho, a cebola, a salsa e a cebolinha, e levá-los ao fogo para ferver até cozinhar totalmente.
  • Deixar esfriar um pouco, bater no liquidificador e passar por uma peneira.
  • Acrescentar ao suco de tomates o vinagre, o açúcar e o sal.
  • Colocar a pimenta-do-reino e a malagueta dentro de um saquinho de tecido e acrescentá-lo também ao suco.
  • Ferver o suco por l5 min.
  • Passado esse tempo, retirar o saquinho e despejar o molho de pimenta em vidros pasteurizados e quentes, até 2,0cm da borda.
  • Limpar as bordas dos vidros com um tecido limpo e umedecido em álcool ou água quente.
  • Tampar os vidros com tampas metálicas pasteurizadas.
  • Fazer o tratamento térmico seguido de resfriamento;
  • Rotular e armazenar em local fresco e arejado.

Observações

  • Não se tem condição de especificar a quantidade de pimenta malagueta.
  • O molho é apimentado e deve ser usado em pequenas quantidades.
  • Se desejar, a pimenta esmagada poderá ser adicionada diretamente ao suco.
  • Validade: 6 meses.

Equipe de Redação 31-05-2012 Como Fazer

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.