Quer saber como plantar pera? Confira as dicas!

Para uma boa produtividade, o fruticultor deve realizar um bom manejo fitossanitário das pereiras

Quer saber como plantar pera? Confira as dicas!

No Brasil, as espécies de pera mais comercializadas são as europeias (as mais consumidas no país), as japonesas e as chinesas. Os maiores produtores de pera europeia estão em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Já os maiores produtores de pera chinesa estão em São Paulo, em Santa Catarina e no Paraná. Quanto aos maiores produtores de pera japonesa, eles estão em São Paulo, em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e no Paraná.

Clima e solo


O plantio de pera deve ser realizado em regiões com clima temperado, pois a pereira depende do frio para a hibernação e da luminosidade para a frutificação. Entretanto, a frutífera não tolera geadas nem ventos fortes. Quanto ao solo, ele deve ser arenoargiloso e profundo, além de apresentar alta fertilidade e boa drenagem. Já o terreno deve apresentar baixa declividade.

Adubação e calagem


Cerca de 40 dias antes de plantar pera, deve ser realizada a adubação orgânica com esterco de curral (curtido) ou esterco de galinha (curtido). Também devem ser adicionados adubos minerais, como bórax, potássio e fósforo. Fora a adição de calcário dolomítico.

Dimensão das covas e espaçamento


As covas devem apresentar as dimensões de 60 x 60 cm. Cada uma delas deve receber a adubação adequada antes do plantio. O espaçamento recomendado deve respeitar as distâncias de 4 x 2 metros e 7 x 5 metros (entre plantas).

Germinação das sementes e plantio


Para a germinação das sementes de pera, devem ser selecionadas 10 peras maduras de 3 espécies diferentes (europeia, japonesa e chinesa). Depois devem ser separadas 30 sementes sadias e sem defeitos. Normalmente, de 5 sementes apenas 1 geminará.

Após secarem, as sementes devem ser embrulhadas em papel-toalha umedecido. Logo após, elas devem ser colocadas em um saco plástico hermeticamente fechado, que deve ser armazenado em local quente e escuro. Após germinarem, as sementes devem ser plantadas em local definitivo.

Podas e produção


Assim que a pereira chegar a 100 cm do solo, deve ser realizada a primeira poda para a brotação das gemas laterais. Quando adulta, a poda deve encurtar o tronco para surgirem novos ramos laterais. Deve-se ter cuidado para não exagerar nas podas para não comprometer a frutificação nem a vida útil da frutífera. As peras malformadas e doentes também devem ser removidas. A primeira colheita de peras ocorre no terceiro ano após o plantio.

Principais doenças


Para uma boa produtividade, o fruticultor deve realizar um bom manejo fitossanitário das pereiras. Dentre as principais doenças da pereira, temos o fogo bacteriano, causado pela bactéria Erwinia amylovora, que ataca os brotos novos da pereira e os deixa como se estivessem queimados. Além dessa doença bacteriana, temos o oídio, causado por um fungo que ataca os frutos, as flores e as folhas da pereira, além de reduzir o tamanho das peras.

Conheça os Cursos CPT da Área Fruticultura:

Produção de Mudas Frutíferas

Produção Comercial de Frutas em Pequenas Áreas

Como Tornar Seu Sítio Lucrativo

Fonte: aprenderaplantar.com.br

Por Andréa Oliveira

Andréa Oliveira 18-08-2021 Fruticultura

Faça já o Download Grátis

Download brinde E-book Implantação de Pomar e Cultivo de Frutíferas

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.