Organizador de eventos, não precisa, a princípio, ter formação específica na área

A necessidade de contratar especialistas veio com a constatação da inviabilidade para os participantes de planejarem e organizarem seu próprio evento

Curso Planejamento e Organização de Eventos - Evento

O surgimento de especialistas em organização de eventos ocorreu com o aumento do interesse e da demanda por eventos como forma de divulgação cultural ou comercial. A necessidade de contratar especialistas veio com a constatação da inviabilidade para os participantes de planejarem e organizarem seu próprio evento, uma vez que estes estão envolvidos em suas próprias atividades.

Acompanhando a demanda, surgiram também as empresas de produção de eventos. A escolha do local, o planejamento da estrutura, a determinação de regras, a divulgação, a montagem e as tarefas durante o mesmo são algumas das atividades essenciais dessa empresa. A organização requer, também, o domínio de uma série de técnicas, para que se obtenha sucesso e lucro.

Além do crescimento da empresa privada responsável pelo evento, existe o valor agregado, que é o fato de sua realização poder contribuir para a promoção, valorização e preservação de patrimônios culturais e naturais da comunidade. Pode, também, contribuir para reduzir as disparidades sociais, por meio do crescimento da oferta de emprego e da melhor distribuição de renda.

Segundo o professor Antônio Máximo Borba, coordenador técnico do curso Planejamento e Organização de Eventos, desenvolvido pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, “O organizador de eventos, não precisa, a princípio, ter uma formação específica. Pode ser um profissional de qualquer área, desde que devidamente preparado, ou seja, que tenha adquirido conhecimento e prática.”

http://www.youtube.com/watch?v=oQ7riikCefg

Marconi Vieira 11-01-2011 Hotelaria

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.