Desenvolvida vacina contra 12 doenças da SRB - Síndrome Reprodutiva Bovina

Desenvolvida vacina contra 12 doenças da SRB - Síndrome Reprodutiva Bovina. Muitas patologias são endêmicas e geram perdas econômicas de grande impacto na pecuária nacional.

Muitas doenças da SRB são endêmicas e geram perdas econômicas de grande impacto na pecuária nacional

Desenvolvida vacina contra 12 doenças da SRB - Síndrome Reprodutiva Bovina

No Brasil, a partir de setembro, começa a estação de monta, o que leva pecuaristas e especialistas da área a manterem foco nos índices reprodutivos e no melhoramento genético do rebanho. Um fator de suma relevância é a manutenção da saúde das matrizes e a prevenção de doenças da SRB - Síndrome Reprodutiva Bovina. Por meio da vacinação, é possível impedir que o gado sofra enfermidades que afetam sua reprodução, o que evita sérios prejuízos ao pecuarista.

Segundo Bibiana Carneiro, experiente counter manager, quando as fêmeas do rebanho são acometidas por doenças relacionadas à Síndrome Reprodutiva Bovina, a produção de bezerros apresenta uma redução bastante significativa. Isso porque a maior parte das doenças da SRB resultam em morte das reprodutoras, além de abortos. Outras consequências não são aparentes (como absorção do embrião), o que torna o quadro de saúde das matrizes ainda mais preocupante.

A boa notícia é que foi desenvolvida uma vacina constituída de antígenos virais e bacterianos contra 12 doenças da SRB. Muitas patologias são endêmicas e geram perdas econômicas de grande impacto na pecuária nacional – em especial, se atingirem animais de cria submetidos à “IATF - Inseminação Artificial por Tempo Fixo, técnica que melhora o desempenho reprodutivo do rebanho”, afirma Luis Fonseca Matos, professor do Curso a Distância CPT Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo em Livro+DVD e Online.

Atualmente, a Providean® REPRO 12 é a vacina mais completa do mercado, com duas cepas de Campilobacter, uma de Haemophilus e sete sorotipos de Leptospirose, ressalta Bibiana. Além disso, ela ajuda na prevenção de várias infecções, dentre elas, a Diarreia Viral Bovina e a Rinotraqueíte Infecciosa Bovina. A maioria das doenças infecciosas geram perdas de até 50% na gestação. De fato, um prejuízo de grandes proporções para os pecuaristas do país.

Portanto, é imperativo o uso da Providean para evitar que o rebanho fique vulnerável a doenças da SRB - Síndrome Reprodutiva Bovina. As bezerras devem ser vacinadas a partir dos quatro meses de vida (reforço 30 dias após a primeira dose). O procedimento previne o aborto e garante a alta performance reprodutiva do rebanho. É importante ressaltar que a imunização dos touros também é necessária. “O pecuarista deve proceder ao reforço da vacina 15 dias antes de o bovídeo entrar em serviço”, completa a counter manager.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Gado de Leite.

Fonte: opresenterural.com.br

 

Andréa Oliveira 11-06-2018 Pecuária de Leite

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.