Pop-eye em peixes: causas, prevenção e tratamento

Quando o peixe apresenta o sintoma pop-eye, o olho se projeta para fora, devido ao acúmulo de fluidos na parte de trás

Pop-eye em peixes: causas, prevenção e tratamento

Quando o peixe apresenta o sintoma pop-eye, é porque está com uma infecção no olho causada por uma série de fatores. Quando isso ocorre, o olho se projeta para fora, devido ao acúmulo de fluidos na parte de trás ou no próprio olho. A protuberância pode apresentar uma película em torno dela e, se não for tratada imediatamente, pode ficar ainda mais saliente. Como consequência, o peixe pode perder a visão.

Causas


Quando o peixe está com pop-eye, ele pode ficar letárgico ou se movimentar muito pouco no aquário/tanque. Além disso, pode perder o apetite, o que pode agravar ainda mais o seu quadro de saúde. Outro fator que pode causar esse sintoma no olho do peixe são lutas com outros peixes. Se um deles levar uma pancada no olho, pode lesionar a região, o que facilita o surgimento de infecções bacterianas ou mesmo fúngicas.

A má qualidade da água é outro fator determinante para causar o pop-eye em peixes. Baixa salinidade, ou altos níveis de metais, nitritos, nitratos e amônia, podem levar o peixe a contrair esse mal. Outras causas do olho esbugalhado em peixes são relativas à deficiência de vitamina A ou ainda tumor no olho. A supersaturação de oxigênio na água também pode ser um dos vilões para a protuberância no olho do peixe.

Tratamento


No caso de infecções causadas por bactérias, o tratamento de pop-eye mais indicado é por meio de Labcon Ictio associado ao Labcon Bacter, em dosagens recomendadas na embalagem dos produtos. Para prevenir esse problema nos peixes, é recomendada uma dieta balanceada, rica em nutrientes. Nesse caso, podemos sugerir os alimentos funcionais Alcon Guard Herbal e Alcon Guard Allium, pois ambos fortalecem o sistema imunológico dos peixes.

Prevenção


Garantir a manutenção dos parâmetros de qualidade da água - como pH, temperatura, salinidade, oxigenação, também é uma forma de prevenção do pop-eye em peixes. Eles devem estar em níveis ideais conforme as espécies de peixes. Se os parâmetros recomendados estiverem abaixo ou acima do ideal, os peixes responderão de forma negativa, como estresse, alteração no metabolismo e baixa resistência a infecções.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Piscicultura.

Leia o artigo "Conheça as principais doenças do peixe Betta".

Fonte: vidadeaquarista.forumeiros.com

Andréa Oliveira 10-10-2018 Piscicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.