Quer plantar ora-pro-nóbis? Confira as dicas

Se você quer enriquecer sua horta medicinal, nada melhor do que cultivar a orabrobó, que é rústica e resistente à estiagem

Quer plantar ora-pro-nóbis? Confira as dicas

Considerada uma planta alimentícia não convencional, a ora-pro-nóbis (Pereskia aculeata) apresenta princípios ativos terapêuticos, sendo considerada uma poderosa planta medicinal. Constituída de aminoácidos (triptofano e lisina), vitaminas (A, complexo B e C) e minerais (cálcio, ferro e fósforo), a lobrobó, como também é chamada, promove inúmeros benefícios à saúde. Se você quer enriquecer sua horta medicinal, nada melhor do que cultivar a orabrobó, que é rústica e resistente à estiagem.

Solo, luminosidade e irrigação


O ora-pro-nóbis permite o cultivo em vários tipos de solo, até mesmo os pobres em nutrientes. O plantio pode ser feito, tanto em área com muita incidência solar como em meia-sombra, graças à rusticidade da planta. Embora resistente à seca, é importante realizar o plantio na estação das águas. Para uma boa produtividade de folhas, é importante manter o solo úmido, com irrigação moderada.

Propagação e transplante


A lobrobó se propaga por estaquia. O mais recomendado é retirar as estacas mais tenras e lenhosas da planta-mãe. Elas devem ser cortadas com 20 centímetros de comprimento e submersas em água por alguns dias para começar o enraizamento. Assim que enraizarem, as estacas podem ser plantadas, em local definitivo, em solo misturado com adubo orgânico (esterco de curral curtido).

Espaçamento


A orabrobó é uma planta trepadeira, que se espalha facilmente. Nesse sentido, é importante seguir o espaçamento de 1,30 metro, entre fileiras, e 60 centímetros entre plantas. Recomenda-se o plantio próximo a muros com treliças para uma boa condução da planta. Além de serem utilizadas para consumo, a ora-pro-nóbis é utilizada como cerca viva e como ornamentação, pois possui belas flores, além de grandes espinhos.

Adubação e podas


Para o lobrobó produzir muitas folhas e flores, é fundamental manter o solo bem adubado (adubação orgânica). No período das chuvas, de dois em dois meses, devem ser realizadas podas, pois a planta cresce rapidamente. Já na época da seca, o intervalo entre as podas se estende a cada três meses

Colheita e produção


As folhas da ora-pro-nóbis podem ser colhidas três meses após o plantio. Normalmente, isso ocorre quando elas atingem 7 centímetros de comprimento. Como a planta contém muitos espinhos, é essencial usar luvas para proteger as mãos. Podem ser produzidos cerca de 5 mil quilos de folhas, por hectare, quando a lobrobó é adubada e irrigada.

Conheça os Cursos CPT da Área Plantas Medicinais:

Farmácia Viva - Princípios Ativos, Identificação e Utilização de Plantas Medicinais

Cultivo Orgânico de Plantas Medicinais

Produção Comercial de Plantas Medicinais

Fontes: revistagloborural.globo.com
             tuasaude.com

Por Andréa Oliveira

Andréa Oliveira 29-06-2021 Plantas Medicinais

Faça já o Download Grátis

Download brinde Plantas Medicinais

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.