Sene: indicações e contraindicações da planta medicinal

As folhas de sene são utilizadas, preferencialmente frescas, em tratamentos fitoterápicos, como laxante, vermífugo e depurativo

Sene: indicações e contraindicações da planta medicinal
 

“A planta medicinal Senna alexandrina apresenta vagens, flores amarelas e pequenas folhas. Conhecida popularmente como sene, sena, cássia, mamangá, lava-pratos e fedegoso-do-rio-de-janeiro, essa erva fitoterápica vem do continente indiano”, afirma Celso Trindade, professor do Curso CPT Farmácia Viva - Utilização de Plantas Medicinais. Trazida ao Brasil pelos imigrantes europeus, o sene adaptou-se muito bem ao clima tropical do país.

As folhas de sene são utilizadas, preferencialmente frescas, (ou secas) em tratamentos fitoterápicos, como laxante e vermífugo, além de acabar com a flatulência e amenizar os sintomas causados pela hemorroida. Composta por flavonoides, glicosídeos, óleos essenciais, bem como resinas e mucilagens, essa erva medicinal pode ser ministrada como chá, ou em cápsulas, para facilitar a ingestão.

Principais indicações


Como mencionado anteriormente, o sene apresenta ação laxativa e vermífuga, bem como depurativa. Sendo assim, a planta eficaz nos seguintes tratamentos: distúrbios gastrointestinais, como prisão de ventre e excesso de gases, além de auxiliar pessoas com hemorroidas e fissuras anais, já que amolece as fezes. Sem falar que auxilia na eliminação de toxinas presentes no organismo.

Assim como as demais plantas medicinais, o uso de sene deve ser feito com moderação – preferencialmente com indicação de especialistas. Quando empregado por longo período, pode comprometer a microbiota intestinal, bem como causar fortes cólicas intestinais, diarreias, vômitos, aumento do fluxo menstrual, deficiência de cálcio, além de problemas no reto. Por isso, essa erva medicinal pode ser ingerida até o limite de 10 dias seguidos.

Principais contraindicações


Como se trata de uma erva com fortes princípios ativos, em alguns casos, o sene não pode ser utilizado. Vejamos abaixo suas principais contraindicações:

->Pessoas que tomam remédios para o coração;
->Pessoas que tomam laxantes, diuréticos e corticoides;
->Pessoas com enterite e oclusão intestinal;
->Pessoas com hipersensibilidade ao sene;
->Pessoas com dor de estômago;
->Pessoas com apendicite aguda;
->Mulheres grávidas e lactantes;
->Crianças menores de 12 anos.

Como preparar chá de sene em casa


Em uma xícara, adicionar 2 gramas de sene fresca ou seca. Completar com 250 mililitros de água fermente e aguardar 5 minutos. Em seguida, deve-se coar o chá de sene e tomá-lo, frio ou morno, até 3 vezes ao dia. Se os sintomas não desaparecerem em 3 dias, consultar um gastroenterologista.

Conheça os Cursos CPT da Área Plantas Medicinais.

Leia o artigo "Como usar plantas medicinais corretamente."

Fontes: tuasaude.com; brasilescola.uol.com.br

Por Andréa Oliveira.

Andréa Oliveira 15-01-2020 Plantas Medicinais

Faça já o Download Grátis

Download brinde Plantas Medicinais

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.