Cultivo de café conilon

Essa variedade corresponde a 1/3 de todo o café cultivado no Brasil

Cultivo de café conilon

Entre todas as espécies de café cultivadas no Brasil, a arábica e a robusta, mais conhecida como café conilon, são as mais importantes, em relação à produção e consumo mundial. Esta última representa 1/3 de todo café produzido em território brasileiro.

O estado do Espírito Santo é o maior produtor nacional do café conilon e abriga o INCAPER - Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, no qual se desenvolvem cerca de 25 projetos e 100 experimentos, a fim de desenvolver tecnologias aplicáveis ao cultivo.

O objetivo dos programas de pesquisa é proporcionar o melhoramento genético da espécie e, assim, aumentar a produtividade e a qualidade. Isso acontece por meio do desenvolvimento de variedades clonais. Essas são indicadas para produtores altamente tecnificados.

De acordo com o professor Romário Gava Ferrão, no curso "Como Produzir Café Conilon", elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas "as semente clonais podem ser utilizadas, preferencialmente, por produtores que plantam baseados na análise de solo e folhas, que fazem manejo de irrigação adequado, podas corretas e plantio adensado".

Existem quatro variedades clonais: EMCAPA 8111, com maturação e colheita precoce (até maio), EMCAPA 8121, cuja maturação e colheita são intermediárias (junho), EMCAPA 8131, que tem maturação e colheita tardias (julho/agosto) e EMCAPA 8141 - Robustão Capixaba, mais tolerante à seca. Este curso apresenta o pacote tecnológico para o cultivo de conilon, visando produtividade  máxima e um café de excelente qualidade.

Texto de: Clara Peron

Tecnologia e Treinamento 07-04-2010 Cafeicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.