Desperdício no setor de hortaliças pode ser evitado

Desperdício no setor de hortaliças pode ser evitado. Para evitar as perdas, um passo importante é usar embalagens próprias para seu acondicionamento adequado.

Para evitar o desperdício, um passo importante é usar embalagens próprias para adequado acondicionamento das hortaliças

Desperdício no setor de hortaliças pode ser evitadoDados coletados pela CNA - Confederação Nacional de Agricultura, indicam grande desperdício no setor de hortaliças, mas ele pode ser evitado. Foram submetidas à pesquisa 13 principais hortaliças para a economia brasileira. Estas abrangem 530 mil hectares, ou seja, 65% da área produzida, o que equivale a uma receita de R$ 18 bilhões para os produtores. O objetivo do estudo é fazer com que toda a cadeia produtiva de hortaliças produza mais, sem perdas.

Segundo Luciano Vilela, presidente da Comissão Nacional de Hortaliças e Flores, o estudo é uma importante ferramenta para o país aprimorar as políticas públicas do setor de hortaliças e triplicar a produção na próxima década. Entretanto, é essencial que os brasileiros entendam os benefícios à saúde ao consumirem regularmente frutas e hortaliças. O índice ainda é pequeno (apenas 150 gramas por dia) em relação a outros países.

A OMS - Organização Mundial da Saúde, recomenda, pelo menos, 400 gramas por dia. Por tais motivos, é preciso mudar nossa cultura alimentar e incrementar nosso sistema produtivo de hortaliças, que ainda é sutil em relação a outros setores do agronegócio. "Mas ainda assim a horticultura representa um setor importante, que impacta diretamente na vida das pessoas", afirma Steven Udsen, presidente da ABCSEM - Associação Brasileira do Comércio de Sementes e Mudas.

Atualmente, algumas hortaliças (coentro, couve-flor e alface), apresentam perdas de 35% no setor. Esse desperdício certamente poderia ser evitado com a criação de projetos de lei inovadores. Um deles tramita, desde 2012, na Câmara dos Deputados, e regulamenta o uso de embalagens próprias para o acondicionamento de hortaliças mais frágeis. Mas a morosidade legal impede que o projeto saia do papel.

Embalagens planejadas para fins específicos evitam não apenas o desperdício de alimentos, como também diminuem o uso de caixas de madeira e sua substituição por embalagens recicláveis. De acordo com Vilela, no Brasil, o desperdício corresponde a cerca de 40% do total produzido - 30% das perdas ocorrem na produção. Já 50% do desperdício surgem do uso de embalagens inadequadas.

Fonte: Canal Rural.

Conheça os Cursos a Distância CPT, em Livro+DVD e Online, da Área Horticultura.

Confira o artigo "Como aumentar a vida útil dos produtos na prateleira" e aprimore ainda mais o seu conhecimento.

Andréa Oliveira 17-01-2018 Agricultura - tudo sobre os principais produtos agrícolas do Brasil

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.